domingo, 13 de novembro de 2016

Poema das bruxas



Metade de mim é fada, a outra metade é bruxa.
Uma escreve com sol, a outra escreve com a lua.
Uma anda pelas ruas cantarolando baixinho,
a outra caminha de noite dando de comer à sua sombra.
Uma é séria, a outra sorri; uma voa, a outra é pesada.
Uma sonha dormindo, a outra sonha acordada.

Roseana Murray

0 comentários:

Amigos